Caminhar faz tão bem ao coração como correr...

O estudo foi feito ao longo de seis anos a mais de 48 mil pessoas. Caminhar depressa pode ser tão bom para controlar a pressão arterial, o colesterol e o risco de contrair diabetes como correr. As conclusões são de um estudo publicado este mês pela revista Asteriosclerosis, Thrombosis and Vascular Biology que revela que o importante é a distância que se percorre no exercício, e não o tempo. O estudo foi feito a 33.060 corredores e 15.045 pessoas que utilizam as caminhadas como forma de exercício ao longo de seis anos. Retiradas as conclusões, os investigadores verificaram que a energia utilizada nas duas formas de exercício resulta em “reduções similares para a tensão arterial alta, o colesterol alto, diabetes e possivelmente para doenças cardíacas”, diz o documento. “Caminhar e correr são um teste ideal para testar os benefícios para a saúde das caminhadas de intensidade moderada e corridas de intensidade vigorosa porque envolvem o mesmo grupo de músculos e as mesmas actividades feitas em diferentes intensidades”, disse o principal autor do estudo, Paul Williams. “Quanto mais os corredores correram e os ’caminhantes’ caminharam, melhor estavam em benefícios para a saúde. Se a quantidade de energia gasta foi a mesma nos dois grupos, então os benefícios para a saúde eram comparáveis”, acrescentou Paul Williams. “Caminhar pode ser uma actividade mais sustentável para algumas pessoas quando comparada com a corrida, mas aqueles que escolhem correr acabam por fazer o dobro do exercício do que os que escolhem caminhar”, concluiu o autor do estudo. Fonte: Life & Style...

Em forma: como dar o primeiro passo Jul30

Em forma: como dar o primeiro passo...

E o segundo e o terceiro… depois é sempre a acelerar, garantem os viciados da corrida. Damos-lhe as coordenadas para se fazer ao piso. Começar a fazer exercício é das resoluções de Ano Novo mais comuns. Há quem se chegue a inscrever no ginásio, com a mente convicta e o corpo a transbordar de otimismo, mas, em média, o entusiasmo não dura três meses, diz o personal trainer Pedro de Medeiros, no livro “O Seu Treinador Pessoal”. Ainda assim, vale a pena aproveitar o  ânimo para começar a correr e tentar perceber o que atrai cada vez mais adeptos para as ruas com ténis nos pés e auscultadores nos ouvidos. Além de estar na moda, é das formas mais eficazes de perder peso. RENDA-SE AO VÍCIO O corpo não vai gostar de se ver obrigado a um esforço extra e a cabeça também não. Mas “o que ao princípio é uma luta interna, com o treino regular torna-se um vício”. Tudo graças às endorfinas que se produzem durante a atividade física e dão a sensação de bem-estar. COMECE DEVAGAR Antes de começar vá ao médico, para despistar problemas cardiovasculares ou outros. Durante as primeiras 4 semanas faça só  marchas rápidas. Depois, passe a 2/5 minutos de corrida a velocidade baixa, alternada com marcha. À medida que for ganhando resistência, aumente o tempo de corrida. Lembre-se que a ideia é nunca perder totalmente o fôlego. CALCE OS TÉNIS CERTOS O melhor é ir a uma loja da especialidade e pedir conselho. Há dezenas de tipos de ténis de corrida e cada pé é um pé. Em Lisboa, a Pro Runner, no Parque das Nações, vende ténis e também organiza corridas. Pode segui-los no Facebook. RESPIRE COM RITMO Dê duas passadas e faça uma inspiração em dois...

Seja a sua própria personal trainer Jul24

Seja a sua própria personal trainer...

Sim, é possível ficar em forma por conta própria, longe do ginásio. Discipline-se! DEFINA UM ‘HORÁRIO’ •   Tudo bem, não está num ginásio, mas se não organizar a sua vida, o mais provável é adiar a sessão de caminhada para o Dia de S. Nunca… ESCOLHA AQUILO DE QUE GOSTA MAIS •   Prefere andar de manhã ou de tarde? Correr no estádio ou à volta do quarteirão? Dançar sozinha na sala ou ir a uma aula de cha-cha-cha com o seu par? TREINE EM FAMÍLIA •   Fazer exercício não é só correr no estádio: faça batalhas de almofadas, ponha música e dance, monte uma rede de pinguepongue na mesa, afixe um cesto de basquetebol na parede, compre um trampolim e uma bola de exercício, faça campeonatos de futebol no corredor. E guarde as jarras… APROVEITE BEM O TEMPO •  O mais prático é dar logo a sua caminhada de manhã, mas se for um sacrifício levantar-se mais cedo, leve uns ténis e uma t-shirt para o trabalho e dê uma caminhada à hora de almoço. MONTE NA ‘BIKE’ •  Depois do jantar, pegue na bicicleta, convença outra pessoa a vir consigo, e pedalem até ao fim do mundo (ou até onde puderem…). Vai dormir tão bem nessa noite! Fonte:...

Ritmo perfeito para corrida é revelado Jul19

Ritmo perfeito para corrida é revelado...

A maioria dos corredores consegue dizer quando eles encontram o equilíbrio perfeito entre velocidade e conforto. As pernas ficam soltas, o coração bate normalmente e parece que é possível correr daquela mesma forma para sempre. Os pesquisadores da Universidade de Wisconsin – Madison agora têm uma explicação para esse estado de “nirvana”. E você pode agradecer aos nossos ancestrais, é mais um dos atributos que eles nos deixaram. Como os esteróides e anabolizantes funcionam Durante anos, cientistas acharam que os humanos possuem uma taxa de metabolismo constante. Para eles, funcionava da seguinte forma: usaríamos a mesma quantidade de energia para correr um quilómetro, por exemplo, não importando se faríamos o percurso em dez minutos ou em vinte. Mesmo que a queima de calorias seja maior durante os dez minutos, se você terminar em menos tempo, também irá parar de correr. Logo, demorar mais, com uma queima menos acelerada, faria o mesmo efeito. Acontece que cada pessoa tem seu próprio ritmo, que usa a menor quantidade de oxigénio para cobrir uma distância determinada. Os voluntários que participaram dos estudos da universidade mostraram que tanto homens quanto mulheres têm seu ritmo próprio de corrida que beneficia mais seu corpo, que requere o menor nível de oxigénio. Sendo assim, as pessoas podem correr por mais tempo, sem sentir tanto desgaste físico. Fique mais saudável com apenas 7 minutos de exercícios Tudo isso acontece porque seus ancestrais precisavam manter uma velocidade constante por algum tempo. Seja em migrações ou caçadas, eles precisavam dessa resistência. E por isso nós ainda a temos. Fonte:...

Como nossos músculos aumentam? Jul15

Como nossos músculos aumentam?...

Como qualquer fisiculturista pode comprovar, os músculos crescem quando fazemos mais exercícios e musculação. Agora, uma nova pesquisa explica como as células musculares transformam os exercícios de levantamento de peso e outras atividades físicas em mais massa muscular. O segredo está na química produzida pelas células musculares durante atividades como levantamento de peso, quando sinais de células-tronco musculares se multiplicam e assumem a carga. Uma substância, chamada de fator de resposta ao soro sanguíneo (SRF, na sigla em inglês), aciona as células-tronco musculares para que se proliferem e se transformem em fibras musculares. Mais fibras musculares significam maiores músculos e mais força. As descobertas podem levar a novas formas de combater a atrofia muscular associada à idade e doenças, de acordo com cientistas franceses. Esse sinal de fibra muscular controla o comportamento das células-tronco e o crescimento muscular. Usando ratos que foram geneticamente modificados, com falta de SRF nos músculos, pesquisadores descobriram que sem a substância, o sobrecarregamento dos músculos não impulsiona o crescimento deles. Fonte:...

Como gerar mais músculo levantando menos peso Jul11

Como gerar mais músculo levantando menos peso...

Quer ganhar músculos, mas tem preguiça só de pensar no peso que você vai ter que levantar na academia? Agora você tem um bom motivo para começar os exercícios: você pode conseguir mais músculos levantando menos peso, mas com mais repetições. O treinamento de peso em menor intensidade, mas com mais repetições, pode ser tão eficaz para ganhar músculos do que exercícios de levantamento de peso mais extremos, de acordo com uma nova pesquisa da Universidade McMaster, no Canadá. Pesquisadores descobriram que contrações musculares de alta intensidade, com a elevação de cargas pesadas, não é o único tipo de exercício que gera grande desenvolvimento muscular. No estudo, homens jovens que treinaram com menor intensidade de peso e maior número de repetição dos exercícios, até a fadiga, foram igualmente capazes de estimular as proteínas musculares como quem treina pesado, mas sem tantas repetições. Um benefício adicional do treino de baixa intensidade é que as repetições mais elevadas, necessárias para atingir a fadiga, também são benéficas para sustentar o resultado da construção muscular por mais dias. Fonte:...

Exercício físico reforça o cérebro contra o stress Jul09

Exercício físico reforça o cérebro contra o stress...

A atividade física reorganiza o cérebro e reduz a resposta ao stress Um novo estudo desenvolvido pela Universidade de Princeton, nos EUA afirma que a atividade física reorganiza o cérebro e reduz a resposta ao stress, contribuindo para proteger as funções cerebrais normais dos efeitos nefastos da ansiedade. No âmbito do estudo, publicado na revista científica Journal of Neuroscience, os investigadores analisaram o comportamento de ratinhos submetidos a uma situação causadora de stress, o contacto com a água fria, tendo dividido os roedores em dois grupos e dando apenas aos animais de um dos grupos a hipótese de se exercitarem numa roda. Conforme os especialistas, o cérebro dos ratinhos que se exercitaram na roda durante seis semanas exibiu um pico na atividade dos neurónios que “desligam” a excitação na região do hipocampo ventral, uma área do cérebro associada à regulação da ansiedade, no momento em que foram colocados numa situação de stress. O exercício difunde o crescimento de novos neurónios, neurónios estes que, por norma, são mais ‘excitáveis’ do que os neurónios maduros, o que poderia aumentar a ansiedade em vez de a reduzir. Porém, a equipa conduzida por Elizabeth Gould descobriu que a atividade física fortalece o mecanismo que evita que as células cerebrais “disparem” em contexto stressante, desvendando uma contradição antiga. Através deste estudo, os investigadores conseguiram determinar as células e regiões do cérebro que desempenham papéis importantes na regulação da ansiedade, o que poderá ajudar a tratar distúrbios a este nível em seres humanos, e constataram a importância da atividade física nesta regulação. Os cientistas provaram ainda que o cérebro tem a capacidade de ser extremamente adaptável, moldando-se ao estilo de vida e ao ambiente que o rodeia. “Compreender como o cérebro regula a ansiedade dá-nos potenciais pistas que nos podem...

Oito pontos importantes para encarar o treino e não desistir Jun28

Oito pontos importantes para encarar o treino e não desistir...

Alguns pontos primordiais podem-lhe ajudar a pegar firme no treino sem desistir no meio do caminho. Veja quais são eles. 1. Praticar uma atividade física regularmente melhora a consciência corporal e o tónus muscular, reduz a ansiedade e o stresse e aumenta o metabolismo corporal. 2. Optar por atividades que sejam prazerosas é ponto determinante para manter regularidade e atingir os objetivos sem que o programa de treinamento pareça uma obrigação. 3. Cada pessoa possui suas limitações e elas devem ser respeitadas. Existe uma enorme variedade de atividades a serem praticadas, portanto, ouça seu corpo e escolha alguma que não traga riscos para você. 4. Reservar um horário do dia para se exercitar é importante para acostumar o corpo a ter mais disposição no horário em que irá necessitar dela. 5. Nunca se acomodar. O corpo tem uma resposta adaptativa rápida quando mantemos uma boa frequência e regularidade na prática de atividade física. Portanto, sempre temos de dificultar um pouco, aumentar o volume ou a intensidade da atividade, para que ela se torne um desafio para nós e para o nosso corpo, trazendo, assim, cada vez mais resultados. 6. Não ser imediatista conta pontos. Tenha calma e paciência, pois o resultado não virá de um dia para o outro. É preciso muito cuidado, dedicação, esforço, mudanças de hábitos… Mas se for determinada, certamente será recompensada. 7. Dormir bem é consequência dos exercícios. A prática regular de atividade física faz que obtenhamos uma melhor qualidade e aproveitamento do sono. E é muito importante dormirmos bem, para o corpo recuperar as energias gastas no dia que passou e criar novas exigências no dia seguinte. 8. Estar sempre aberto a praticar novas atividades é vantajoso para quem não gosta de rotina e se desmotiva por conta disso....

Como fazer exercício mesmo sem ir ao ginásio! Jun25

Como fazer exercício mesmo sem ir ao ginásio!...

Não deixe que o stress do trabalho deite a sua saúde por terra. Saiba como bastam pequenas mudanças na sua vida para levar uma vida mais equilibrada. Após a prática de exercício físico o organismo liberta endorfinas, hormonas responsáveis pelas sensações de bem-estar e alegria. Não admira, portanto, que muitas pessoas se viciem em exercício físico. Sem cair em exageros, inscreva-se num ginásio. Se não puder, pelo menos faça o possível por se mexer. Ande a pé, de bicicleta ou faça jardinagem, por exemplo. Não se esqueça: a prática continuada de exercício físico servirá para melhorar corpo e espírito. 1. Está provado: o exercício é bom para tudo! Ajuda a combater o stress, melhora a função cardiovascular e respiratória, aumenta a funcionalidade do sistema muscular e articular, previne o envelhecimento precoce e melhora a imagem e auto-estima. Sem esquecer outro aspecto muito importante: ao praticar desportos de equipa poderá fazer novos amigos ou melhorar as relações já existentes, através do convívio desportivo. Não é por acaso que muitos amigos ou colegas de empresa se reunem ao fim de semana para jogar futebol ou correr. Mas não se meta a fazer grandes esforços sem consultar um médico e fazer um check-up – obrigatório por lei quando o exercício é praticado em instalações desportivas. Tenha em conta a sua idade e condição física, de forma a escolher o melhor exercício para si. 2. Caso não tenha tempo ou dinheiro para se inscrever num ginásio ande a pé. O ideal é caminhar em passo moderado, que lhe permita conversar enquanto anda. Dois em um: põe a conversa em dia e melhora a sua saúde. 30 minutos por dia são suficientes para se sentir melhor e basta sair do autocarro uma ou duas paragens antes da habitual ou estacionar o...

O exercício físico envolve múltiplos benefícios Jun17

O exercício físico envolve múltiplos benefícios...

Atividades aeróbicas, caminhadas, corridas leves, natação, hidroginástica e dança são uma ajuda essencial para queimar o excesso de gordura do corpo. A importância da atividade física é muitas vezes subestimada. A compreensão da fisiologia do exercício e a sua integração em programas de exercício adequados às necessidades de cada indivíduo, ajudam a prevenir algumas doenças e facilitam a reabilitação, enquanto promovem a saúde em geral. Associada à prática de exercício físico, alguns cuidados têm que ser tomados para uma atividade segura, como usar roupas apropriadas, fazer uma avaliação médica e hidratar-se bem. Aliás, a hidratação é um dos aspetos mais importantes antes, durante e após uma atividade física. Uma vez que a estação do ano mais quente está a chegar, a revista Complexo Magazine conversou com a Liliana Matos Soares, professora de Educação Física, com o objetivo de clarificar os nossos leitores sobre quais os exercícios físicos e desportos mais adequados para a perda de peso. “Se o objetivo é perder peso, é importante lembrar que se deve adotar um novo estilo de vida, começando pela alimentação equilibrada, com 6 refeições leves por dia, com todos os nutrientes necessários que um bom nutricionista pode indicar e escolhendo ainda uma atividade, para perder peso e manter”, afirmou a professora à revista. Para a instrutora de Hidroginástica, Hidrobike e Natação, Indoor Cycle e Zumba Fitness, as atividades aeróbicas como caminhadas e corridas leves, natação, hidroginástica e dança têm efeitos muito positivos para os pulmões, para o coração, para os músculos e ainda ajudam a queimar o excesso de gordura do corpo. Durante a atividade aeróbica, a gordura é predominantemente usada como fonte de energia e contribuirá para o emagrecimento. A caminhada, que é conhecida como a mais democrática e versátil de todas as atividades físicas, deverá...