Tags

Outras Publicações

Ginga - A Marca da Família Angolana

Cerca de um milhão de pessoas assistiram ao festival “Angola Canta a Paz” em Luanda

Cerca de um milhão de citadinos de Luanda oriundos dos sete municípios da província assistiram, pela TPa 2  e na Marginal, Avenida 4 de Fevereiro, o festival denominado “Angola canta a paz” por ocasião do dia da paz e reconciliação nacional, que se comemora. O espectáculo une os principais nomes do mundo artístico angolano e, é corado de música, cor, ritmo e variedades, com a participação de 30 artistas de gerações diferentes.

Cor, ritmo e variedades continuou a ser o cenário do festival na Marginal, Avenida 4 de Fevereiro, no distrito urbano da Ingombota, em Luanda, denominado “Angola canta a paz” por ocasião do dia da paz e reconciliação nacional, que se comemorou, ontem, quinta-feira, em todo território nacional. Artistas angolanos de renome nacional e internacional como, Anselmo Ralph, C-4 Pedro, Ary, Yuri da Cunha, entre outros desfilaram no certame, iniciado as 12 horas, acompanhados por vários agrupamentos musicais.

No espectáculo, organizado pelo Governo Provincial de Luanda exibiram-se, igualmente artistas na nova e velha geração como Givago, Elias Dya Kimuezo e Mamukueno, bem como o vislumbrar, no show, as performance dos artistas Bessa Texeira, Justino Huandanga, Paulo Cabomda, Os Pilucas, W-King, Yola Araújo, Hedy Tussa, Yaonda, entre outros.

Hávidos em ver e ouvir ao vivo algumas das vozes da atualidade, cerca de um milhão de presentes na sua maioria jovens de várias idades e extractos sociais, orioundo dos sete municípios da urbe, dão asas à imaginação agitando as mãos e a cabeça, sem “arredar o pé” do local.

O Edy Tussa, mostrou o que tem no repertório, obrigando os presentes a exercitar os dotes de bons bailarinos, com toques de dança que o consagraram como o “Show Man”.

Os artistas apelaram aos presentes a terem consciência da paz e reconciliacao nacional, de forma a garantir a união e integridade territorial.

No final, alguns artistas entrevistados pela Angop mostraram-se satisfeitos em proporcionar alegria aos citadinos de Luanda, na presença do governador provincial, Bento Francisco Sebastião Bento.

O certame fechou com o lançamento de fogo de artificio na baía da Ilha do Cabo.

O asseguramento foi feito por efetivos da ordem pública do comando de Luanda da Polícia Nacional, dos Serviços de Proteção Civil e Bombeiros (SNPCB) com botes salva-vidas, mergulhadores, instrumentos de combate a incêndios, bem como por equipas de emergências médicas sem, até ao momento se registar, qualquer incidente.

Fonte: Portal Platina Line