Tags

Outras Publicações

Ginga - A Marca da Família Angolana

Suor excessivo

O suor é um dos mecanismos de esfriamento do corpo.

É uma resposta normal ao calor, exercícios físicos e até mesmo às situações de stress ou medo.
Algumas pessoas naturalmente suam mais que as outras, recomenda-se para esses casos, o uso de fibras naturais, como roupa de algodão e desodorizantes com ação antitranspirante.

O suor excessivo(hiper-hidrose),consiste na libertação excessiva de suor, estimulado pelo sistema nervoso central.
Em alguns casos, o suor pode acontecer com mais frequência impedindo as pessoas de manter suas atividades normais.

Algumas pessoas que não conseguem reduzir a transpiração usando os produtos disponíveis no mercado, podem tentar o uso de botox. Antes da aplicação, o médico faz um teste simples e indolor realizado com iodo e amido de milho, para identificar onde as glândulas sudoríparas estão localizadas.
Com esse procedimento a pessoa fica 6 meses sem transpirar nas axilas, alguns permanecem assim até por um ano.

O suor excessivo nas axilas frequentemente leva ao mau cheiro. A causa é que as bactérias encontram no suor produzido um ambiente propício para se desenvolverem.
Como solução, é necessário inibir a transpiração ou eliminar a bactéria, e isso se faz com o uso diário de desodorizantes antibacterianos ou antitranspirantes, também conhecidos como antiperpirantes.

O suor excessivo nas mãos, nos pés e nas axilas traz desconforto, mas há quem sofra do mesmo problema nas virilhas.
Dermatologistas aconselham a aplicação de toxina botulínica,se você tem esse problema não perca tempo procure um dermatologista.

O mau cheiro nos pés é causado pela decomposição do suor por bactérias. Para evitar , esfregue bem os pés durante o banho, enxugue entre os dedos e use talco-anti-séptico. Além disso, faça uma limpeza diária das unhas e verifique se não há micose na região.
Evite usar sapatos sem meia, e faça uma limpeza nos seus calçados também.

in blog Dicas